Textos

SOU DE DEUS: EU SOU, E TU (?!)

Dizem: Fora o motorista e o cobrador, o restante é passageiro!!!

SE perguntar não ofende, perguntarei usando a frase de uma canção (com complemento que estou inserindo): SOU DE DEUS: EU SOU, E TU (?!)

Dizem: O inferno é aqui mesmo!!!” e, respondo: antes fosse, porque assim seria menos doloroso, mas se pensar como disse o SENHOR dos senhores, JESUS CRISTO, está escrito e repetido em mais dois versículos:

Onde não lhes morre o verme, nem o fogo se apaga (Marcos 9:44, 46, 48).

Sei: Muitas vezes, mesmo dizendo crer em DEUS (e, frequentando algum igreja), pessoas vivem como se DEUS fosse apenas uma lenda sem implicações práticas...

Temos aqui em Garanhuns–PE, cidade conhecida como a Antioquia do Nordeste, alguns fatos dignos de nota (por parte de pessoas que levaram DEUS a sério), dos casos, citarei dois ou três:

PRIMEIRO CASO (NARRADO NO LIVRO: A BÍBLIA E O BISTURI, EDITORA CULTURA CRISTÃ, Edjéce Martins – PR DA IGREJA PRESBITERIANA DA MADALENA EM RECIFE/PE):

Dr. Butler (ou Batle como se pronuncia por aqui), ia ser assassinado, quando um cidadãopor nome Né Vilela atravessou na frente recebendo o fatal golpe de arma branca, porque pensou que se o golpe acertasse o Dr. Que sabia evangelizar melhor que ele, a perda para o Reino de DEUS (aqui na terra) seria bem maior;

SEGUNDO CASO: Conforme alguns dizem na região, haavia um pastor de nome Antonio Gueiros, que ia de Garanhuns a Águas Belas–PE, ministrar atos pastorais, (APROXIMADAMENTE A CEM KMS), NO LOMBO DE UMA ÉGUA.

Aparentemente, nem haveria motivos pra relatar esse caso, mas, lendo sobre tanta superficialidade em nossos dias, aproveito a oportunidade para escrever sobre isso com o objetivo de oportunizar considerar o poder de DEUS além do tempo e do lugar.

Detalhe, comecei a andaar nos caminhos do SENHOR, em Arcoverde–PE no ano de l99l e conheci o saudoso irmão na fé, Genésio Feitoza que disse haver vindo da cidade de Tupanatinga–PE (em 1944) paara ser batisado pelo Pastor Antonio Gueiros, confirmando sobre o bom testemunho do mencionado irmão que ia de Garanhuns a Aguas Belas no lombo de uma égua.

TERCEIRO CASO: Em conversas com o Sr. Luiz Vilela (avô de um neto), ele conta que ainda bem jovem (aos 14 anos), caminhava do Sítio onde morava cerca de uns 35 KMs de Garanhuns nos domingos pela manhã para assistir a Escola Dominical, ficando para o culto da noite. Detalhe: ainda não havia estrada de asfalto; algumas vezes debaixo de chuvas; enquanto podia ouvir pessoas gritando: “olhe os bodes” – narro o fato porque nunca teria sido registrado por escrito e difere de nossa época quando pessoas buscam apenas desculpas pra algumas vezes nem se darem ao luxo de ir pra igreja ouvir o sermão.

Haveriam outros exemplos que poderiam ser incluídos nesse texto, mas, certamente os exemplos mencionados demonstram a ação de DEUS em épocas próximas ao momento tão superficial que estaamos passando...

Concluindo o texto repetirei a frase usada como tema, suplicndo ao CRIADOR que tenha misericórdia de nós!!!
fchagass
Enviado por fchagass em 11/06/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Sergiu Bacioiu/flickr