Textos

SÉRIE AMIZADE EM TEMPO DE REDES SOCIAIS: VOLTAR AO FIO DE BIGODE (?!) – II {6ª MENSAGEM}
 
Na mensagem (anterior): SÉRIE AMIZADE EM TEMPO DE REDES SOCIAIS: VOLTAR AO FIO DE BIGODE (?!) – {5ª MENSAGEM}, eu disse:

Em nossa época, existem duas palavras parecidas (DEMOCRACIA E DEMAGOGIA), QUE NÃO SEI SE ESTARIAM NAS RAÍSES OU NAS CONSEQUÊNCIAS – DA TRISTE, POBRE E PODRE REALIDADE EM VIGOR NA TRISTE, POBRE E PODRE REALIDADE DE NOSSA TRISTE, POBRE E PODRE SOCIEDADE...

ENTENDO QUE, EXISTEM DOIS EXREMOS (OPOSTOS): E, SERÁ PRECISO ESCOLHER UM DOS EXTREMOS, ENTRETANTO É PRECISO VIVER DE FORMA A QUE SE ADIMIDA QUE CADA SER HUMANO PODERÁ TER A MESMA LIBERDADE DE ESCOLHER SEU EXTREMO, ASSIM COMO ESCOLHI O MEU EXTREMO, CONSIDERANDO (INCLUSIVE) QUE, SERÁ NECESSÁRIO SABER FAZER A PONTE ENTRE OS DOIS EXTREMOS... E, SENDO NECESSÁRIO, DIZER PORQUE NÃO CONCORDA EM ATRAVESSAR A PONTE...

SEI QUE A IDEIA QUE TENTO EXPRESSAR PODERÁ NÃO PARECER FÁCIL DE SER ENTENDIDA... ATÉ PODERIAM SUGERIR UMA COISA COMUM EM NOSSA ÉPOCA: PERGUNTAR “ENTENDEU OU SERÁ PRECISO DESENHAR???”

ENTENDO AINDA QUE ESTARÍAMOS VIVENDO UM POUCO NO TEMPO DAS ENTRELINHAS, QUANDO NEM SEMPRE SERÁ POSSÍVEL ENTENDER POR COMPLETO O QUE SE EXPRESSA...

CONTINUA...

Continuando, direi:

Se faz necessário, entender algumas coisas:

DE ONDE VIEMOS (tem a ver com o passado, com o alicerce);

QUEM SOMOS (tem a ver com o presente); tem sido rejeitado por questionadores que sem respostas racionais, acham apenas que somos frutos do acaso (a famigerada teoria da evolução) – o ser humano teria um ancestral comum aos símios, muito embora, considerando a ciência e a tecnologia apenas usam a religião como muleta aos seus pressupostos;

AONDE IREMOS (terá a ver com o futuro da humanidade).

CONTINUA...
fchagass
Enviado por fchagass em 10/10/2017
Alterado em 11/10/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários


Imagem de cabeçalho: Sergiu Bacioiu/flickr